Agência Virtual
Parcelamento de Débitos
DESCRIÇÃO DO SERVIÇO

Solicitação de parcelamento de débitos provenientes do fornecimento de energia elétrica para clientes atendidos em baixa tensão.

CONDIÇÕES DE ATENDIMENTO

Unidade consumidora sob responsabilidade de pessoa física.

Unidade consumidora com atividade residencial.

Valor total do débito até R$2.000,00

Todas as contas em débito devem ser de responsabilidade do solicitante.

Existência de pelo menos duas contas não pagas.


NEGOCIAÇÃO

A negociação deve incluir todo o saldo devedor vencido, inclusive aqueles pertencentes a outras unidades consumidoras sob a responsabilidade do cliente.

O parcelamento será concedido mediante o pagamento de um sinal e o saldo restante dividido em até 12 parcelas. (O número de parcelas não poderá ser superior a três vezes a quantidade de faturas em aberto, limitado a no máximo 12).

O sinal deverá ser pago até o primeiro dia útil subsequente à data da efetivação do parcelamento. Já os valores das parcelas serão incluídos nas faturas normais de fornecimento de energia elétrica dos meses seguintes. Sendo o cliente responsável por mais de uma unidade consumidora, o parcelamento será cobrado, preferencialmente, na unidade com maior consumo anual.

A atualização dos valores das contas vencidas é processada de forma automática pelo sistema com aplicação de juros de um por cento ao mês, que serão incluídos no momento da finalização da negociação.

A negociação do parcelamento terá início após o preenchimento do formulário de solicitação do serviço, onde o cliente deverá informar do valor do sinal e o número de parcelas para o pagamento do saldo restante. A solicitação será encaminhada para um de nossos atendentes, que fará uma simulação das condições propostas que deverá ser submetida para aprovação do cliente. Havendo aceite do cliente, o atendente efetivará o parcelamento no sistema e encaminhará a conta sinal para pagamento.


CANCELAMENTO AUTOMÁTICO DE PARCELAMENTO

A falta de pagamento, no respectivo vencimento, de qualquer das parcelas, independente de notificação judicial ou extrajudicial, o parcelamento poderá ser cancelado voltando o débito a sofrer as sanções de cobrança previstas na legislação:

1 - inclusão do nome do cliente no Cadastro de Proteção ao Crédito (SERASA e similares);

2 - vencimento antecipado do saldo restante das parcelas do débito, de forma imediata, acrescido de juros moratórios de 1% ao mês, até a data do efetivo pagamento, e multa de 2% sobre o valor principal do saldo restante das parcelas do débito;

3 - incidência de juros moratórios de 1% ao mês, até a data do efetivo pagamento, e multa de 2% sobre o valor principal das parcelas vencidas do débito.



Clique aqui para solicitar este serviço